segunda-feira, 10 de novembro de 2014

É não é




Nem todo o poema é poesia
Nem todo o riso é alegria
Nem todo o conto é fantasia.
Nem todo o quadro é  beleza
Nem todo o choro é tristeza
Nem todo o rei é realeza.
Nem todo o silêncio é esquecimento
Nem todo o  tempo é  momento
Nem toda a dor é sofrimento.
Nem toda a fome é por comida
Nem toda a sede é por bebida
Nem toda  a palavra  é pra ser  dita.
Nem toda a  esposa é uma mulher
Nem toda  a crença é fé
Nem tudo é o que é.
Joerlândio Cordeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário